Acomodações

Apenas as suítes tem banheiro exclusivo. Os hóspedes dos outros quartos compartilham os banheiros do hotel.

Suíte

Quarto de Casal

Quarto triplo/duplo

Banheiros compartilhados

 

Pensão completa

  • Pensão completa

    Ao se hospedar na fazenda, você terá direito a quatro refeições diárias (café da manhã, almoço, café da tarde e jantar).

    As refeições serão servidas à beira do fogão de lenha e o buffet é self-service.

  • Pratos personalizados
    Alimentos frescos

    As refeições serão elaboradas com base em um formulário preenchidos pelos hóspedes no ato da reserva sobre suas preferências e restrições alimentares.

  • Bebidas alcoólicas à parte

    Refrigerantes e sucos servidos durante as refeições do hotel estão inclusos na tarifa.

    Bebidas alcoólicas serão cobradas à parte, assim como refrigerantes, sucos e porções pedidos entre as refeições.

 

Sede da fazenda

A sede da fazenda tem dois andares onde se localizam todos os quartos, áreas compartilhadas e ambiente para realizar as refeições.

Acomodações

  1. Suíte
  2. Quarto de casal
  3. Quarto triplo/duplo

Áreas compartilhadas

  1. Copa
  2. Cozinha comum
  3. Jardim de inverno
  4. Sala de jantar
  5. Sala de estar
  6. Varanda
  7. Sinuca
  8. Bar
  9. Sala de estar
  10. Sala de cinema
  11. Varanda inferior
  12. Vestiário
 

Exterior

Espaços

  1. Represa (15min de caminhada)
  2. Horta
  3. Pomar
  4. Sede
  5. Estacionamento
  6. Curral

 

  1. Jardim
  2. Piscina
  3. Campo de futebol gramado
  4. Represa para pesca

Atividades

  • Passeios à cavalo
  • Trilhas de caminhada
  • Pescaria
 

História

Do livro Fazendas do Ouro, 2011.

Texto de May del Priore e Alexei Bueno.

"A sede da fazenda é a mesma, a primitiva, construída da primeira metade do século XVIII. Tanto assim é certo que, fato raro, reforma recente detectou telhas em que constavam a data de 1726, pleno ciclo do ouro, não deixa dúvida de que a casa se conserva na sua originalidade e pureza de estilo, sendo a primeira e a definitiva sede residencial da fazenda.

Localiza-se em Barra Longa, no lado direito do velho Caminho que ia de Vila Rica de Ouro Preto para o Arraial do Tejuco, a depois formosa e histórica cidade de Diamantina.

Estabelecimento agropastoril abastecedor de mercadorias comestíveis para a mineração, há evidências de que ao longo do tempo Santo Antônio sofreu pequenas alterações, tendo em vista diferenciações no pé direito de um cômodo para outro, além do constatado nos caimentos do telhado. A antiga senzala de terra no piso foi adaptada para uma varanda, nos moldes do primeiro pavimento, com assoalho em tábuas corridas. A escada de acesso à entrada principal é de cantaria e a necessidade de utilização da fazenda para recreio obrigou naturalmente à construção de banheiros e, no jardim externo, uma piscina. No mais, depreende-se respeito às características construtivas originais.

No interior, o mobiliário não é mais o primitivo da residência mas, certamente muito antigo: baús, cadeiras, camas, sala de jantar para 12 pessoas, guarda-louça e armários de madeira com dobradiça de ferro, além de louça sanitária em ferro esmaltado, queijeira e pilão são peças que transmitem graça especial à casa. O oratório apresenta acabamentos sofisticados, com retábulo em madeira e pintura, forro agamelado e portas destacadas das demais internas. Atrás do retábulo existe um painel considerado ainda dos Setecentos, mostrando o modelo "peito de pombo". A sede de Santo Antônio é de arquitetura simples, mas guarda o charme especial das fazendas do ouro."